Como saber se o seu iPhone tem um vírus

A Apple é bem conhecida por suas políticas de privacidade e segurança. Atualmente, eles são líderes de mercado na fabricação de alguns dos produtos mais seguros. É extremamente raro que seus produtos tenham falhas de segurança porque eles projetam hardware e software, não deixando espaço para nenhuma grande empresa terceirizada, ao contrário do Windows e do Android. Eles têm tanta certeza sobre a segurança que até executam um programa de recompensas de segurança que oferece milhares de dólares para qualquer pessoa que possa violar ou atacar qualquer um de seus dispositivos. Então, a principal questão é como saber se o seu iPhone tem um vírus. Tem mesmo? Sim, já existiu no passado, mas as chances são inferiores a 1%. Portanto, se você é alguém procurando dicas sobre o mesmo, trazemos um guia útil que ensinará como verificar se há vírus e malware no iPhone e qual é o melhor antivírus para iPhone. Além disso, você aprenderá como descobrir se os iPhones foram hackeados de sites.

Como saber se o seu iPhone tem um vírus

Continue lendo este artigo para verificar Iphone para vírus e malware em detalhes e remova o malware, se houver.

Você pode verificar seu telefone em busca de vírus?

Sim, existem várias maneiras de verificar se há vírus e malware no iPhone

Como você sabe se há um vírus no seu iPhone?

Como saber se o seu iPhone tem um vírus? Existem alguns sintomas com os quais você pode encontrá-lo. Alguns deles estão listados abaixo:

  • Muitos aplicativos travam
  • Pop-ups enquanto navega na web
  • Alterações desconhecidas
  • Uma queda repentina no desempenho
  • Qualquer arquivo baixado duvidoso ou suspeito
  • Software irreconhecível
  • Superaquecimento do telefone
  • Um aumento repentino no uso de dados celulares

Como verificar o iPhone em busca de vírus e malware?

Existem várias maneiras de saber se o seu iPhone tem um vírus:

Método 1: verifique o consumo de dados dos aplicativos

Essa é outra maneira de verificar se há vírus e malware no iPhone. Se um aplicativo está consumindo muitos dados em segundo plano e você não o usa há algum tempo, desinstale ou desative os dados desse aplicativo.

  Dicas para contratar um desenvolvedor WordPress para o seu negócio

Método 2: Verifique o uso da bateria

Verificar o uso da bateria é uma das maneiras mais simples de determinar se o seu iPhone possui vírus ou software malicioso instalado ou em execução em segundo plano. Se você descobrir um aplicativo conhecido ou desconhecido que consome uma quantidade significativa de bateria e não corresponde ao seu uso real, remova-o imediatamente. Siga os seguintes passos:

1. Abra as configurações do seu iPhone.

2. Toque em Configuração da bateria.

3. Aqui, analise o uso da bateria.

Método 3: verifique o desempenho dos aplicativos

Devido ao malware, os aplicativos ficam lentos e travam com frequência. Se um ou alguns aplicativos estão travando na maioria das vezes, isso deve ser por causa de malware malicioso. Quase todos os malwares são projetados para danificar arquivos do sistema, alterar configurações e obter acesso autorizado. Quando você baixa um aplicativo de um site não autorizado ou de um aplicativo crackeado, ele geralmente contém malware oculto que pode se espalhar para outros aplicativos. O bom do iOS é que nenhum aplicativo está interconectado, portanto, os vírus não podem se espalhar de um aplicativo para outro.

Método 4: Verifique se há sinal de jailbreak

O recurso de jailbreak permite que os usuários do iPhone façam modificações personalizadas que normalmente são proibidas e forneçam recursos adicionais. No entanto, é extremamente perigoso, expondo seu dispositivo a vírus e ameaças de malware. Você deve verificar o status do jailbreak se comprou um iPhone usado ou recondicionado.

1. Vá para a tela inicial.

2. Deslize para baixo em qualquer lugar da tela para abrir a pesquisa de destaque.

3. Procure Cydia. Se um aplicativo chamado Cydia aparecer na lista, significa que seu iPhone está desbloqueado.

A Apple tem uma verificação de vírus?

Não, não tem e não é obrigatório ter. O Windows e o Android têm scanners de vírus e ameaças integrados porque sabem que existem vírus para seus sistemas operacionais e seus dispositivos são menos seguros devido à disponibilidade em vários dispositivos, resultando em menos controle. Por outro lado, a Apple tem controle total sobre seu hardware e software, permitindo tornar o dispositivo o mais seguro possível, sem deixar espaço para qualquer empresa de terceiros interferir ou criar uma brecha.

Como você limpa um vírus do seu iPhone?

Depois de aprender como saber se o seu iPhone tem um vírus, abaixo estão as etapas para limpar o vírus do seu iPhone.

Método 1: Reinicie o iPhone

  8 Melhor Software HRIS para Agilizar as Tarefas de RH para SMB

Esta é a maneira mais fácil de remover qualquer infecção por vírus ou malware do seu iPhone. A reinicialização corrigirá automaticamente todos os tipos de erros e restaurará as configurações básicas. Etapas para reiniciar o iPhone:

1. Segure o botão liga/desliga e aumentar volume por alguns segundos até ver o slide para desligar a opção.

2. Mova o controle deslizante para o lado direito para desligar o iPhone.

3. Após alguns minutos, pressione e segure o botão liga/desliga novamente até ver o logotipo da Apple.

Método 2: atualizar o iOS

A nova atualização também vem com uma nova atualização de segurança, que remove automaticamente todos os tipos de malware e vírus do seu iPhone. É sempre aconselhável usar a versão mais recente do iOS para obter o melhor desempenho, recursos atualizados e novos, compatibilidade com outros aplicativos e melhor segurança. Siga estas etapas para atualizar o iOS:

1. Vá para as configurações do seu iPhone.

2. Toque em Geral.

3. Em seguida, toque em Atualização de software.

4. Toque em Atualizações automáticas.

5. Ative as alternâncias para Baixar atualizações do iOS e Instalar atualizações do iOS.

Método 3: limpar o histórico e os dados do site

Isso excluirá todos os dados de malware que possam ter entrado em seu telefone após visitar qualquer site não seguro ou tocar acidentalmente em um pop-up ou caixa de anúncio. Siga os passos abaixo:

1. Inicie as Configurações no seu dispositivo.

2. Deslize para baixo e toque em Safari.

3. Deslize para baixo e toque em Limpar histórico e dados do site.

4. Confirme tocando em Limpar histórico e dados.

Método 4: Redefinir o iPhone

Antes de usar esse método, você deve fazer backup de todos os seus arquivos e dados do aplicativo, pois isso excluirá tudo no seu iPhone, incluindo vírus e malware. Se você já tentou de tudo e ainda não conseguiu resolvê-lo, somente você deve tentar este método.

1. Navegue até Configurações > Geral > Redefinir.

2. Toque em Apagar todo o conteúdo e configurações.

Precisamos de antivírus para iPhone?

Vários aplicativos antivírus e de varredura estão disponíveis na App Store, mas você não os usa, a menos que seu iPhone se comporte de maneira estranha ou atrase. Podes tentar Norton 360 (Pago) e McAfee (Freemium), os dois antivírus mais populares e conhecidos para iPhone. Você pode usar o aplicativo antivírus para encontrar seus iPhones invadidos de sites ou não.

Os iPhones podem obter vírus de sites?

Sim. Carregar um site inseguro ou baixar qualquer aplicativo ou arquivo não autorizado de um site comprometido pode permitir que vírus e malware entrem no seu iPhone. É extremamente raro por causa do ecossistema fechado e seguro da Apple. No entanto, os invasores continuam encontrando brechas no sistema e seu dispositivo pode ser infectado antes que a empresa ou os desenvolvedores reconheçam a falha. Evite visitar sites suspeitos ou inseguros para evitar infecções por vírus e violações de dados.

  Melhores roteadores DD-WRT em 2019 para usuários avançados exigentes

Os iPhones podem obter vírus do Safari?

Sim. O Safari é um navegador da web que não contém vírus ou malware. Ao abrir qualquer site fraudulento no Safari, você corre o risco de infectar seu dispositivo com malware malicioso. Certifique-se de que os URLs dos sites que você visita comecem com HTTP ou HTTPS, que é mais seguro e criptografa os dados.

Um iPhone pode ser hackeado?

Sim, quase qualquer dispositivo digital conectado à internet pode ser hackeado. Em termos leigos, hackear envolve adivinhar suas senhas, roubar, manipular, acessar os dados privados do seu dispositivo e monitorar seus arredores por meio da câmera e do microfone do seu dispositivo. Sempre verifique e leia a mensagem pop-up de permissão/privacidade antes de conceder acesso ao aplicativo. É sempre uma boa ideia desativar permissões de privacidade desnecessárias, como localização, câmera, microfone e assim por diante.

Os iPhones podem ser hackeados de sites?

A resposta é sim. iPhones foram invadidos de sites no passado, e o malware permaneceu indetectável por pelo menos dois anos. Centenas de vulnerabilidades foram descobertas no ecossistema iOS desde o lançamento do iPhone. Portanto, você não pode ter 100% de certeza da segurança da Apple e não pode confiar inteiramente nela. Evite visitar sites que não estejam protegidos; em termos mais simples, se não houver cadeado ou sinal de proteção ao lado da URL do site, não visite esses sites. E, principalmente, nunca carregue nenhum desprotegido em uma rede pública, permitindo que invasores acessem seu dispositivo e dados com facilidade. Nunca toque em nenhum anúncio ou link suspeito enviado por um remetente desconhecido.

E se você acidentalmente clicou em um link suspeito no seu iPhone?

Em primeiro lugar, você receberá um aviso sobre um site fraudulento, que a Apple aconselha a não visitar. Em seguida, feche a guia sem tocar em pop-ups e anúncios que possam conter malware. Para configurações adicionais da Web, abra Configurações > Safari. Ative as alternâncias para todas as opções na seção PRIVACIDADE E SEGURANÇA.

***

Esperamos que você tenha achado este guia útil e aprendido algo novo sobre como saber se o seu iPhone tem um vírus. Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco com suas dúvidas e sugestões através da seção de comentários abaixo. Deixe-nos saber sobre qual tópico você quer aprender em nosso próximo artigo.