Tudo o que você precisa saber em 2022

Software Composition Analysis (SCA) é uma técnica que as equipes de TI modernas podem usar para encontrar todos os componentes de código aberto e gerenciá-los.

As empresas precisam saber tudo sobre um aplicativo que estão usando e como ele é composto para decidir se é seguro e compatível com os regulamentos.

Se você usa um aplicativo com um componente de código aberto comprometido ou vulnerável, ele sempre corre o risco de ser explorado por invasores.

E quando isso acontecer, você poderá perder todos os dados confidenciais de sua empresa e clientes armazenados no aplicativo. Isso pode levar à perda da confiança do cliente, vazamento de informações comerciais, riscos financeiros e penalidades relacionadas à conformidade.

Portanto, você deve saber o que está usando e todas as obrigações e limitações de licença de código aberto de um aplicativo.

No entanto, fazer tudo isso manualmente é uma tarefa bastante difícil. Na maioria dos casos, o código e suas vulnerabilidades podem ser ignorados se você seguir esse caminho.

As ferramentas SCA simplificam e facilitam o processo analisando automaticamente os componentes de código aberto.

Neste artigo, falarei tudo sobre o SCA e por que ele é importante na segurança de aplicativos.

Fique ligado!

O que é Análise de Composição de Software (SCA)?

Software Composition Analysis (SCA) é um processo que detecta componentes de código aberto usados ​​na base de código de um aplicativo. Esse processo automatizado faz parte do teste de segurança do aplicativo, que avalia a segurança, a qualidade do código e a conformidade de um aplicativo.

Você pode encontrar muitas ferramentas SCA disponíveis no mercado que podem realizar esse processo. Essas ferramentas ajudarão você a detectar e gerenciar componentes de código aberto, suas dependências diretas e indiretas, bibliotecas de suporte, dependências obsoletas, explorações potenciais e vulnerabilidades.

A varredura de um aplicativo usando uma ferramenta SCA gerará uma lista abrangente de materiais revelando o inventário completo de um aplicativo de seus ativos. Isso ajuda você a entender melhor o aplicativo sobre o que foi necessário para criá-lo e se é seguro usá-lo ou não.

No entanto, o conceito de SCA não é totalmente novo. Com a crescente popularidade das ferramentas de código aberto ao longo dos anos, principalmente devido à acessibilidade e custo-benefício, o SCA tornou-se um processo necessário para programas de segurança de aplicativos.

Uma solução SCA capacita seus desenvolvedores com melhores ferramentas de desenvolvimento e orienta os desenvolvedores a adotar a segurança no ciclo de vida de desenvolvimento de aplicativos.

Como funciona o SCA?

Para executar SCA usando uma solução SCA, você deve apontá-la para os arquivos de compilação do seu aplicativo. Você pode encontrar esses arquivos em um servidor de teste, na área de trabalho de um desenvolvedor ou em um diretório de compilação de um pipeline de CI/CD.

As ferramentas SCA examinarão a base de código do aplicativo para reconhecer os arquivos que podem vir de um produto de terceiros. As ferramentas podem usar diferentes táticas de identificação, como uma lista pré-computada exclusiva de hashes de arquivos em um aplicativo conhecido.

Portanto, quando a ferramenta SCA for executada, ela calculará os hashes de arquivo em seu aplicativo e fará a correspondência de todos eles com a lista. Se os hashes corresponderem, a ferramenta SCA localizará o produto e sua versão que você está usando e analisará o código-fonte para descobrir trechos de código proprietário usados ​​em seu código.

As ferramentas SCA também mantêm e atualizam sua lista de vulnerabilidades para que você possa usá-la para localizar problemas em seu aplicativo anos após o lançamento. Eles podem inspecionar o código-fonte aberto, gerenciadores de pacotes, arquivos binários, arquivos de manifesto, imagens de contêiner etc.

Depois de identificar os componentes de código aberto, a ferramenta irá compilá-los em uma lista de materiais (BOM) e compará-la com vários bancos de dados que podem ser comerciais ou governamentais, como o National Vulnerability Database (NVD), contendo dados sobre vulnerabilidades conhecidas no software.

Além disso, a ferramenta SCA pode trazer diferentes saídas, como:

  • Lista de licenças: é um inventário de licenças de aplicativos relacionadas a componentes de terceiros usados ​​em seu aplicativo. Eles podem ser altamente restritivos e representar um risco comercial, que você pode evitar para se manter seguro.
  • Bill of Materials (BOM): É um inventário de pacotes de software de terceiros para atender às necessidades de segurança e conformidade.
  • Vulnerabilidades conhecidas: são falhas críticas de segurança em componentes de aplicativos de terceiros para detectar a gravidade e o tipo de vulnerabilidade em quais arquivos.
  Como encontrar bolotas e pinhas em 'Animal Crossing: New Horizons'

Dessa forma, as ferramentas SCA podem descobrir licenças, analisar a qualidade do código com controle de versão, histórico de contribuições, etc. Essas informações ajudarão os desenvolvedores a identificar potenciais vulnerabilidades de segurança e conformidade e corrigir rapidamente os problemas.

Principais recursos do SCA

Algumas das principais características do SCA são:

BOM preciso

Uma ferramenta SCA criará com precisão uma lista de materiais (BOM) para seus aplicativos. Ele descreverá os componentes do aplicativo, as versões usadas e o tipo de licença. O objetivo do BOM é ajudar desenvolvedores e equipes de segurança a entender melhor os componentes do aplicativo e avaliar seus problemas de licenciamento e segurança.

Portanto, se a ferramenta gerar alguma vulnerabilidade, ela poderá corrigi-la rapidamente e proteger seus aplicativos e dados contra invasores.

Encontrando e Rastreando Componentes

Rastrear componentes manualmente é um grande desafio e às vezes impossível, pois as empresas lidam com várias cadeias de suprimentos, incluindo fornecedores terceirizados, parceiros, projetos de código aberto etc.

Uma ferramenta SCA encontrará todos os componentes de código aberto do código-fonte de um aplicativo, dependências de compilação, contêineres, subcomponentes, binários e componentes do sistema operacional.

Aplicação de políticas

A conformidade de licenças e a avaliação de segurança são úteis em qualquer lugar de uma organização, levando em consideração tudo, desde desenvolvedores até gerentes seniores. O SCA mostra a necessidade de criar políticas de segurança, fornecer conhecimento e treinamento de SO aos membros de sua equipe e responder rapidamente a eventos de segurança e conformidade de licenças. Além disso, você pode usar ferramentas SCA para automatizar seus processos de aprovação, configurar o uso e emitir normas de correção.

Monitoramento Contínuo

Se você puder gerenciar as cargas de trabalho com eficiência, isso ajudará a aumentar a produtividade de toda a sua equipe. Usando uma ferramenta SCA, você pode obter ambos, pois oferece monitoramento contínuo de seu aplicativo para detectar problemas de segurança e vulnerabilidades. Essas ferramentas permitem que você configure alertas acionáveis ​​para que você possa obter informações imediatas sobre vulnerabilidades recém-detectadas em seus produtos enviados e atuais.

Banco de dados abrangente

Toda solução SCA possui um banco de dados que precisa ser enriquecido com dados agregados de diversas fontes. Quanto mais abrangente for esse banco de dados, melhor será a ferramenta SCA na detecção de componentes de código aberto e riscos associados a eles.

Mas se você não mantiver um banco de dados detalhado atualizado continuamente, detectar com precisão os componentes e suas versões corretas torna-se um desafio. Como resultado, você acha difícil atualizar licenças, aplicar patches e atualizações e corrigir problemas de segurança a tempo.

Inventário

O processo de SCA começa com a execução de uma varredura para criar um inventário contendo todos os componentes do aplicativo de código aberto, incluindo dependências transitivas e diretas.

Um inventário detalhado dos componentes do seu aplicativo permite que você gerencie seu aplicativo com facilidade e execute todos os processos sem confusão, seja o controle de versão ou a criação de alguns patches. Também é necessário garantir a conformidade com cada componente que você está usando, o que não seria possível se você não conhece um componente que está usando em primeiro lugar.

Relatórios abrangentes

Uma boa ferramenta SCA vem com relatórios abrangentes para vários casos de uso, desde inventário e atribuição de licenciamento até rastreamento de bugs e vulnerabilidades e due diligence.

Isso facilita a obtenção de insights em cada estágio para que você possa tomar decisões informadas. Eles são úteis para gerenciar seus componentes de aplicativo, controle de versão, requisitos de conformidade e segurança. Além disso, eles são úteis para DevSecOps e DevOps.

Conformidade de licença

Depois de identificar todos os componentes de código aberto em seu aplicativo usando a ferramenta SCA, ela fornecerá informações completas sobre cada componente. Ele pode incluir dados sobre a licença de código aberto de cada componente, a compatibilidade da licença com suas políticas de negócios e os requisitos de atribuição.

Isso é necessário para manter a conformidade com a licença e garantir que você não use nenhum componente que não esteja em conformidade com suas políticas ou apresente riscos de conformidade.

Suporte a vários idiomas

As soluções SCA podem suportar vários idiomas e são compatíveis com uma ampla variedade de aplicativos e projetos.

Integração

As ferramentas SCA são fáceis de integrar com vários ambientes de construção em diferentes estágios do ciclo de vida de desenvolvimento de seu aplicativo. Ele pode se integrar perfeitamente com seus repositórios, servidores CI, gerenciadores de pacotes, IDEs e ferramentas de compilação.

Como resultado, oferece aos desenvolvedores a opção de escolher o ambiente de construção mais adequado para o seu projeto e facilita o processo.

Benefícios do SCA

Organizações de pequeno a grande porte estão desenvolvendo aplicativos para atender a vários casos de uso. Mas nem todos podem investir tanto em desenvolvê-los, especialmente desenvolvedores individuais e pequenas empresas.

Assim, eles podem usar componentes de código aberto que são gratuitos para usar e modificar conforme os requisitos. Desenvolvedores e equipes estão usando cada vez mais componentes de código aberto para criar seus aplicativos. Mas nem todos são seguros.

É aqui que as ferramentas SCA os ajudam, encontrando todos os componentes de software livre em seu aplicativo e quão seguros e compatíveis eles devem ser usados. Isso ajuda a encontrar problemas de licenciamento e vulnerabilidades mais rapidamente, reduzir custos de correção e realizar varreduras automatizadas para detectar e corrigir problemas de segurança com menos esforço humano.

  9 melhores softwares gráficos em movimento para todos

Aqui estão os benefícios em detalhes:

Eliminando Riscos de Negócios

A maioria das empresas não sabe tudo sobre todos os componentes usados ​​em seus aplicativos. Talvez um componente seja de um fornecedor terceirizado ou por qualquer outro motivo. Mas se você não sabe o que acontece em seu aplicativo, sempre há um risco inerente associado ao número de ataques cibernéticos que acontecem todos os dias.

Ao realizar a Análise de Composição de Software (SCA), eles podem entender todos os componentes de código aberto usados. Portanto, se ocorrer algum problema, você poderá corrigi-lo rapidamente empregando a automação e os processos corretos e ficar protegido contra riscos de conformidade de segurança e licença.

Inovação

O uso de componentes de código aberto oferece maior flexibilidade e liberdade e economiza tempo e dinheiro. Assim, você pode contribuir com seu tempo para inovações para sustentar as demandas do mercado. A SCA permite que a inovação do produto seja mais segura e compatível, ao mesmo tempo em que garante um gerenciamento de licenças eficaz.

Priorização de Vulnerabilidade

As soluções modernas de SCA estão fechando a lacuna entre a descoberta e a correção do problema. Uma boa ferramenta SCA oferece recursos para priorizar vulnerabilidades de código aberto. Isso é possível com a identificação proativa e automática de vulnerabilidades de segurança. Depois de obter esses dados, eles podem priorizar qual problema resolver primeiro com base no relatório de gravidade.

Isso evita que desenvolvedores e outros profissionais de segurança percam tempo percorrendo páginas de alertas e tentando responder quais vulnerabilidades são mais graves e exploráveis ​​em um aplicativo.

Correção rápida de vulnerabilidades

Além da priorização, as ferramentas SCA ajudam empresas e indivíduos a corrigir rapidamente as vulnerabilidades subjacentes a um aplicativo. Ele pode detectar automaticamente a localização da vulnerabilidade e sugerir como corrigi-la. Ele também fornecerá informações sobre como a implementação da correção pode afetar sua compilação.

As ferramentas SCA podem iniciar o processo de correção automatizado com base na gravidade da vulnerabilidade, detecção de vulnerabilidade, pontuação de gravidade, liberação de nova versão e políticas de vulnerabilidade criadas com base nesses fatores. A ferramenta também ajudará você a manter seus componentes de aplicativos de código aberto corrigidos, o que é uma excelente estratégia para mitigação de riscos.

Tempo de colocação no mercado mais rápido

A maioria dos aplicativos agora usa componentes de código aberto porque são econômicos e prontamente disponíveis. Isso permite que você desenvolva código mais rapidamente e implante seu aplicativo no mercado para atender às demandas de seus clientes.

E para garantir que você esteja usando o componente de código aberto seguro, o uso de ferramentas SCA é benéfico. Isso ajuda a garantir que seus aplicativos cumpram as obrigações legais e que você tenha corrigido todas as vulnerabilidades.

Quem usa as ferramentas SCA e por quê?

Empresas de diferentes setores usam algum tipo de software para acelerar sua força de trabalho, comunicar-se sem problemas e melhorar a produtividade.

Portanto, há uma demanda crescente por aplicativos em todos os lugares, que desenvolvedores e empresas se esforçam para oferecer. Para atender a essa enorme demanda, eles precisam de soluções que possam agilizar seu trabalho e permitir uma implantação mais rápida de serviços e produtos. Ao mesmo tempo, eles devem garantir que suas implantações estejam protegidas contra ataques cibernéticos predominantes nos dias de hoje.

Assim, as ferramentas SCA ajudam empresas e desenvolvedores individuais a encontrar componentes de código aberto usados ​​em seus aplicativos e garantir sua segurança.

As ferramentas SCA são utilizadas por equipes de desenvolvimento que atendem a vários setores e domínios, de TI, marketing e comércio eletrônico a saúde, finanças, EduTech e muito mais. Além disso, aplicativos complexos e nativos da nuvem estão em demanda, o que aumenta a necessidade de ferramentas SCA robustas. Também ajuda as equipes de DevOps a acelerar os processos de desenvolvimento com foco na segurança.

O que procurar ao selecionar uma ferramenta SCA?

Escolher a melhor ferramenta SCA pode ser um desafio, pois há muitas opções disponíveis no mercado.

Portanto, você deve levar em consideração seus requisitos específicos. Vejamos alguns dos principais fatores que você deve considerar para escolher uma ferramenta SCA.

É amigável ao desenvolvedor?

Seus desenvolvedores estariam ocupados criando código com base no objetivo final, requisitos de design e necessidades do usuário. Eles são obrigados a iterar rapidamente quando necessário e produzir código de melhor qualidade. Se a ferramenta SCA não for amigável ao desenvolvedor, eles terão mais dificuldade em adotá-la e levarão mais tempo para entendê-la e usá-la, o que reduzirá sua produtividade.

No entanto, se você fornecer a eles uma ferramenta SCA que seja amigável ao desenvolvedor, ou seja, fácil de configurar e usar, isso aumentará sua produtividade e economizará tempo e esforço.

Como é sua detecção de componentes?

Uma boa ferramenta SCA deve ter um banco de dados abrangente para identificar os componentes de código aberto usados ​​em um aplicativo. Quanto mais ele puder detectar, maiores serão suas chances de descobrir vulnerabilidades e corrigi-las.

Portanto, antes de escolher uma ferramenta SCA, verifique o quão abrangente é detectar os componentes comparando-a com outras ferramentas.

  iLock impede o acesso não autorizado a aplicativos em seu Mac

E quanto à Identificação e Remediação de Vulnerabilidades?

A ferramenta SCA escolhida também deve fornecer uma detecção de vulnerabilidade abrangente de todos os componentes de código aberto identificados. Quanto mais melhor. Isso irá expor um número maior de problemas nos componentes que você pode resolver imediatamente e proteger seu aplicativo contra explorações.

Também ajudaria se a ferramenta pudesse fornecer recomendações sobre como corrigir essas vulnerabilidades de segurança.

Qual é a qualidade do relatório?

Como o relatório é um recurso obrigatório de uma ferramenta SCA, você deve comparar os recursos de relatório de diferentes ferramentas SCA selecionadas. Os recursos de relatório podem variar de uma ferramenta para outra.

Para isso, verifique a qualidade dos relatórios que você recebe, quão detalhados e fáceis de entender. Você pode fazer isso experimentando a opção de avaliação GRATUITA fornecida pela maioria das soluções SCA.

Quantos falsos positivos?

As ferramentas SCA, em geral, não geram mais falsos positivos do que as ferramentas DAST. No entanto, ainda há uma chance de que eles possam. Para isso, realizar uma prova de conceito pode ajudar a avaliar a relação sinal-ruído de uma ferramenta. Portanto, você deve comparar as ferramentas SCA com base no número médio de falsos positivos em que elas resultam.

Que tal integrações?

Escolha uma ferramenta SCA que possa se integrar perfeitamente ao seu ambiente de construção atual para eliminar aborrecimentos. Além disso, ele também deve se conectar a outras ferramentas e serviços, como contêineres, sistemas de segurança, ferramentas de CI/CD, IDEs, SCMs etc., para estender a funcionalidade do seu aplicativo.

Algumas boas ferramentas SCA

Aqui estão algumas das boas ferramentas SCA que você pode considerar para seus aplicativos:

Veracode: O Veracode facilita a execução do SCA. Você pode começar em seu ambiente de desenvolvimento iniciando varreduras na linha de comando. Ele oferecerá feedback mais rápido em seu IDE e pipeline.

Essa ferramenta reduzirá o tempo necessário para testar seu aplicativo para componentes de código aberto. Ele possui recursos de correção automática para criar solicitações pull automáticas, minimizar interrupções e recomendar correções inteligentes para taxas de correção e precisão mais rápidas.

Revenera: De pacotes de software completos a trechos de código, os produtos de análise de composição de software da Revera verificam seu código-fonte, binários e dependências em busca de vulnerabilidades de software e problemas de conformidade de licença.

Além disso, ele se integra a ferramentas de construção comuns e fornece uma das maiores bases de conhecimento de código aberto do setor, com mais de 14 milhões de componentes. Suas equipes de auditoria também oferecem suporte a auditorias básicas e eventos de due diligence, como fusões e aquisições.

Outras ferramentas SCA notáveis ​​são Black Duck, Snyk, Checkmarx e muito mais.

Algumas práticas recomendadas de SCA

Mesmo que você use uma ferramenta SCA de primeira classe, pode não atingir um grande nível de segurança e satisfação. A razão está em “como” você está usando.

Aqui estão algumas das melhores práticas que você pode seguir para ter sucesso com uma ferramenta SCA:

  • Implementação rápida: incorpore uma ferramenta SCA em um estágio inicial de seu ciclo de vida de desenvolvimento de software. Além disso, familiarize sua equipe com os riscos de segurança e seus impactos para motivá-los a tomar decisões responsáveis ​​e calculadas.
  • Orientação jurídica: consulte sua equipe jurídica para avaliar quais licenças de código aberto em seu aplicativo são mais fracas ou inaceitáveis ​​de acordo com suas políticas comerciais. Seja rápido em fazer cumprir essas decisões.
  • Automatize a verificação: você deve automatizar a verificação usando a ferramenta SCA no pipeline de CI/CD. Aborde as vulnerabilidades com base em sua gravidade, começando com as vulnerabilidades de maior risco. Depois de corrigi-los, convém bloquear as compilações com vulnerabilidades de gravidade média.
  • Atualizações contínuas: certifique-se de que a ferramenta SCA que você usa atualize seus dados de vulnerabilidade e recursos de detecção de componentes regularmente. Dessa forma, ele pode detectar mais componentes e seus problemas subjacentes que você pode corrigir e tornar o aplicativo mais seguro.
  • Escolha componentes de terceiros com sabedoria: você deve escolher componentes de código aberto de terceiros com sabedoria antes de adicioná-los ao seu aplicativo. Analise-os com base na confiabilidade do fabricante, na frequência de atualização, nos esforços de correção e no histórico de vulnerabilidades.
  • Não use componentes obsoletos: você deve substituir os componentes que o fabricante não suporta mais. Se você executar componentes que nunca são atualizados, isso representa um risco de segurança.

Conclusão

O Software Composition Analysis (SCA) ajuda a melhorar a segurança e a conformidade de seu aplicativo detectando componentes de código aberto que podem ser vulneráveis ​​e permitindo que você os corrija a tempo.

Isso protege seu aplicativo e dados contra ataques cibernéticos. Ele também ajuda a reduzir custos, aumenta a agilidade dos negócios e permite que os desenvolvedores aprendam a incorporar a segurança do aplicativo durante os estágios de planejamento e design.

Conseguir tudo isso é possível implementando a melhor ferramenta SCA com base nas necessidades do seu negócio. Você também pode seguir algumas das melhores práticas para ter mais sucesso em seus esforços de SCA.