Como evitar fraudes no metaverso

Você está preocupado com crimes cibernéticos no metaverso? Vamos seguir algumas etapas simples para ajudá-lo a entender e evitar fraudes no metaverso.

De acordo com o comunicado de imprensa publicado pelo Gartner, espera-se que 25% das pessoas passem pelo menos uma hora por dia no metaverso até 2026.

Esses são alguns dados interessantes. Mas você pode se perguntar por que alguém gasta seu tempo no metaverso.

Vamos direto para o metaverso imediatamente!

Metaverse é um espaço virtual que conecta pessoas de todo o mundo. Da mesma forma, você pode usar este espaço para trabalho, entretenimento, educação ou interação social.

O metaverso está em seu estágio inicial. Portanto, levará tempo e desenvolvimento tecnológico para fornecer aos usuários uma experiência virtual imersiva.

Nas plataformas do metaverso, você pode criar avatares para se representar. Além disso, você pode comprar e vender ativos digitais usando criptomoedas.

No futuro, o metaverso desempenhará um papel crucial em diferentes setores. Haverá um impacto positivo no trabalho remoto, entretenimento, educação, mídia social, jogos, bancos e assistência médica. No momento, a maioria dos desenvolvimentos está no setor de jogos.

O plano da Microsoft de adquirir a Activision Blizzard, uma importante empresa americana de videogames, é um grande negócio relacionado ao metaverso. Assim que o acordo for aprovado, a Microsoft Gaming se tornará a terceira maior empresa de jogos.

A Microsoft também desenvolveu sua plataforma de metaverso, Mesh, para Microsoft Teams durante a pandemia de 2021. O principal objetivo por trás desse espaço virtual era tornar o trabalho mais divertido, interativo e produtivo.

O Meta’s Horizon World é outro metaverso que permite criar avatares e sair com os amigos. Além disso, você pode conhecer novas pessoas, participar de festas e eventos virtuais, jogar e muito mais.

Com a adoção mais ampla do metaverso, surge a possibilidade de atividades fraudulentas. Ao adotar a tecnologia virtual, também é importante evitar ser vítima de fraude do metaverso.

Fique ligado.

O que torna o metaverso propenso a fraudes?

Membros da Interpol já haviam expressado preocupação com o cibercrime baseado em metaverso. Como resultado, a Interpol anunciou seu metaverso, projetado para aplicação da lei.

  Como contornar e contornar uma proibição na discórdia

Você pode ter entendido o nível de fatores de risco associados ao metaverso. Tendo isso em mente, vamos dar uma olhada em algumas das principais vulnerabilidades relacionadas a esse mundo virtual:

#1. Barreiras de entrada limitadas

No metaverso, é fácil criar contas. Por exemplo, qualquer pessoa pode criar várias contas com alguns cliques do mouse.

É aqui que os fraudadores encontram oportunidades para atingir suas vítimas. O Metaverse permite que os usuários criem contas diferentes sem nenhum processo de verificação.

#2. Falta de consciência

A entrada de marcas líderes no metaverso fez com que as pessoas se interessassem por esse mundo virtual. Por exemplo, a Bloomberg Intelligence espera que o mercado metaverso atinja US$ 800 bilhões até 2024.

Um grande número de pessoas ingressa no metaverso sem orientação ou compreensão adequadas. Essa situação oferece aos golpistas novas possibilidades.

#3. Ausência de Autoridades Reguladoras

A maioria dos metaversos usa a tecnologia blockchain. Como resultado, nenhuma organização ou autoridade central controla ou gerencia esses espaços virtuais.

A natureza descentralizada do blockchain oferece aos usuários vários benefícios, como propriedade, transparência e muito mais. No entanto, os fraudadores usam mal a ausência de regulamentação para enganar os usuários.

#4. Disponibilidade de dados do usuário

Com milhões de pessoas entrando no mundo virtual, a quantidade de dados criados e armazenados também aumenta. Esses dados massivos também são o que os fraudadores desejam acessar.

O número de plataformas e projetos metaversos está aumentando. Do lado negativo, esse rápido desenvolvimento com menor segurança coloca os dados do usuário em risco.

Quais são os riscos de fraude no metaverso?

As vulnerabilidades associadas ao metaverso também colocam os usuários em vários riscos. Vamos dar uma olhada nos principais riscos envolvidos:

#1. Vazamento de informações

Como discutimos a disponibilidade de dados maciços do usuário, a possibilidade de vazamento de dados também é alta. Depois que os invasores obtêm acesso aos dados do usuário, as possibilidades de uso indevido de dados são infinitas.

O roubo de identidade é um dos principais problemas associados ao vazamento de dados. Aqui, os fraudadores usam informações roubadas para criar contas metaversas falsas.

As contas falsas são usadas para conduzir outros crimes do metaverso. Além disso, os fraudadores também constroem avatares usando imagens de outros usuários para ganhar confiança.

#2. roubo cibernético

O roubo cibernético no metaverso envolve roubar os ativos virtuais do usuário. Os ativos digitais visados ​​pelos spammers incluem criptomoedas, terrenos virtuais ou NFTs.

De acordo com a CNBC Investigates, Kasha, uma investidora do metaverso, caiu na armadilha do fraudador. Ela inseriu por engano o link de phishing para Decentraland e conectou sua carteira MetaMask a esse site.

  26 melhores softwares de mineração de dados

Poucos minutos depois de conectar sua carteira, Kasha perdeu todos os seus terrenos virtuais. Segundo suas palavras, ela não recebeu nenhum aviso ou notificação relacionada à transação.

Além de Kasha, outra investidora do metaverso, Tracy perdeu suas terras virtuais para spammers. Ela perdeu uma propriedade virtual no valor de $ 20.000.

Estes são alguns exemplos daqueles afetados pela fraude do metaverso.

#3. Fraude de influenciador

A fraude de influenciadores é outra possível ameaça ao metaverso. Nesse processo, os golpistas invadem contas de mídia social de alto perfil para promover seus golpes.

Postagens falsas de mídia social de contas populares e verificadas podem prender usuários online. A maioria dessas postagens inclui brindes e um limite de tempo.

Golpistas criptográficos invadiram contas de celebridades no Twitter. Eles twittaram com seu endereço de carteira criptográfica, prometendo aos usuários dobrar seus Bitcoins.

As contas oficiais do Twitter hackeadas incluem Elon Musk, Jeff Bezos, Bill Gates e Warren Buffet. Mais cedo ou mais tarde, cenários semelhantes podem ocorrer na fraude do metaverso.

#4. Dispositivos AR e VR vulneráveis

Com a adoção mais ampla do metaverso, a demanda por dispositivos AR e VR está aumentando. Além disso, esses fones de ouvido metaverse ajudam os usuários a fornecer uma experiência mais imersiva.

O mercado de headset AR/VR atingiu 14 milhões de unidades em 2022 e deve chegar a 18,8 milhões em 2023. A demanda crescente também abre a possibilidade de hacking de dispositivos e problemas de segurança.

Os dispositivos VR ou AR são capazes de coletar grandes quantidades de dados pessoais. Além disso, há também um risco envolvido na exposição de informações biométricas.

A exposição a dados biométricos, como varreduras de retina, mapeamento facial, impressões de voz e dados de impressão digital, é uma grande preocupação. Esses dados podem ser usados ​​indevidamente para acessar as contas financeiras e de mídia social dos usuários.

Obter acesso a dispositivos AR/VR fornece acesso a todos os dados do usuário armazenados nos dispositivos.

Etapas para evitar fraudes no metaverso

Com a intensidade do risco em torno do metaverso, educar-se é importante para evitar ser enganado. Vamos passar por algumas etapas importantes:

#1. Faça sua pesquisa

A primeira etapa é pesquisar o projeto do metaverso antes de entrar nele. Fazer algumas pesquisas básicas ajuda você a ter uma ideia básica da plataforma virtual.

A credibilidade do projeto e de seus fundadores desempenha um papel crucial. Evite as plataformas administradas por indivíduos não confiáveis.

Certifique-se de entrar em plataformas com sites seguros. Além disso, certifique-se de que eles tenham uma comunidade online ativa e presença na mídia social.

#2. Evite discussões financeiras ou pessoais com avatares

Conforme mencionado anteriormente, os golpistas podem criar várias contas e avatares. Portanto, evite compartilhar seus dados financeiros com eles.

  Por que você deve atualizar seu monitor de computador antigo

Além da discussão financeira, você também não deve compartilhar suas informações pessoais. Até mesmo conhecer seus detalhes básicos pode colocar sua conta do metaverso em risco.

#3. Fique longe de conselhos e ofertas de investimento

Os fraudadores visam os usuários com diferentes abordagens. Um método popular é fornecer sugestões de investimento e negociação.

Além disso, eles podem fingir ser um especialista financeiro para ganhar sua atenção e confiança.

Por exemplo, golpistas abordam seu alvo, prometendo altas recompensas ou retornos. Além disso, eles também podem mostrar provas ou avaliações falsas.

#4. Nunca armazene ou compartilhe informações bancárias

É melhor evitar plataformas que pedem suas informações bancárias. Além disso, evite armazenar ou salvar detalhes financeiros no metaverso.

#5. Ativar recursos de segurança

Certifique-se de ativar todas as opções de segurança para proteger sua conta.

Além disso, faça uso do processo de verificação, se disponível. Por exemplo, a autenticação multifator pode fornecer proteção extra.

#6. Proteja sua carteira

Juntamente com as contas bancárias, as carteiras criptográficas são um dos principais alvos dos fraudadores. Nunca compartilhe as chaves privadas de sua carteira com ninguém.

Os golpistas são capazes de enviar solicitações falsas de conexão à carteira. Ignore esses pedidos desconhecidos.

A maioria das plataformas de metaverso solicita que você se conecte com sua carteira criptográfica. Essas carteiras permitem que você compre, venda e negocie ativos digitais. Nesse caso, considere criar uma nova carteira gratuita.

#7. Ignore promoções chamativas de mídia social

As plataformas de mídia social estão repletas de promoções de criptomoedas e metaversos. Para uma pessoa normal, é difícil identificar a credibilidade de tais atividades online.

A maioria das campanhas baseadas em metaverso inclui a promoção de terras virtuais. Portanto, como um usuário de mídia social informado, você deve usar apenas plataformas metaversas autênticas.

Se você não está ciente ou confiante sobre algo, ficar longe é a melhor opção.

Por fim, mantenha-se atualizado sobre metaverso, criptografia e tecnologia blockchain.

Palavras Finais

Metaverse vai mudar nossas vidas digitais nos próximos anos. Além disso, esse espaço virtual criará um impacto positivo significativo em todas as principais indústrias.

Juntamente com a entrada no metaverso, também é importante identificar os riscos envolvidos. Depois de conhecer esses riscos, tome as precauções necessárias para evitar spam.

A maneira mais fácil de evitar fraudes no metaverso é seguir as etapas mencionadas neste artigo. Ao fazer isso, você poderá se proteger dos principais golpes.

Em seguida, você pode conferir os principais tokens de criptografia do metaverso.