9 Aplicações do Blockchain na Saúde

Os aplicativos Blockchain na prática da saúde ajudam a melhorar os resultados dos pacientes por meio de processos mais eficientes, pesquisas mais eficazes e segurança de dados mais robusta.

Os históricos dos pacientes e outros dados médicos são informações confidenciais que devem ser mantidas seguras e protegidas. No entanto, o setor de saúde tem sido vítima de graves violações de dados, que levam ao roubo de informações pertinentes, incluindo dados bancários ou registros de testes de saúde e genômicos.

Essas questões têm sido caras para o setor de saúde, resultando em falta de confiança, ações judiciais, práticas ineficientes e aumento dos custos de gestão hospitalar ao longo dos anos.

Esses desafios destacaram a necessidade de excelente proficiência e modernização no setor de saúde para permitir que médicos, pacientes e provedores relacionados compartilhem informações pertinentes com rapidez e segurança.

Blockchain, a tecnologia que se destacou em 2008 como um livro-razão de transações públicas para a criptomoeda bitcoin, tornou as pessoas conscientes de suas muitas outras vantagens e aplicações em diferentes setores ao longo do tempo.

Este artigo explica como a natureza descentralizada, incorruptível e transparente do blockchain está sendo usada para proteger os dados do paciente e vários aplicativos na área da saúde.

O que é a Tecnologia Blockchain?

Blockchain é um banco de dados digital distribuído entre vários narizes de uma rede de computadores usados ​​para armazenar informações. As informações são coletadas em grupos chamados de blocos, e a cadeia de dados que eles formam é chamada de blockchain.

As informações mantidas usando essa tecnologia de manutenção de registros não são armazenadas em um único banco de dados centralizado. Ainda assim, é descentralizado, o que significa que está espalhado por uma vasta rede ou até mesmo por uma área geográfica.

Isso torna altamente seguro e impossível para qualquer pessoa falsificar ou alterar dados no sistema. O principal benefício da tecnologia blockchain é que ela armazena informações digitais com segurança, de modo que não podem ser hackeadas, alteradas, excluídas ou comprometidas.

O setor de saúde testemunhou uma revolução significativa desde a introdução dessa solução de dados técnicos em saúde digital.

Com os gastos globais em blockchain estimados em US$ 19 bilhões até 2024, não é de admirar que termos como blockchain em saúde, criptomédico e blockchains de saúde estejam aumentando.

Como o Blockchain é usado na área da saúde?

Os provedores de assistência médica podem usar redes blockchain para preservar e trocar dados de pacientes entre hospitais, farmácias, laboratórios de diagnóstico e médicos.

Quando usados ​​corretamente, os profissionais de saúde podem identificar erros graves ou perigosos em tempo real, melhorando assim o desempenho, a transparência e a segurança do compartilhamento de dados médicos entre prestadores de serviços.

Alguns usos específicos incluiriam:

Troca perfeita de pacientes entre provedores: as informações do paciente e outros dados de saúde armazenados no blockchain podem ser facilmente compartilhados com outras organizações usando chaves privadas compartilháveis.

Atendimento ao paciente mais rápido, mais barato e melhor: os profissionais de saúde podem criar um sistema único onde podem armazenar, atualizar e compartilhar registros de saúde constantemente para facilitar a recuperação mais rápida e segura, evitando falhas de comunicação e inúmeros erros entre os profissionais que lidam com o mesmo paciente.

Registros eletrônicos de saúde interoperáveis: os provedores de serviços podem usar blockchain para criar uma única camada de transação através da qual podem enviar e compartilhar dados usando um único sistema seguro. Eles também poderiam desenvolver links criptografados para armazenar informações, como imagens radiográficas.

Importância das Blockchains na Saúde

O investimento em aplicativos blockchain de assistência médica continua sendo uma ideia fantástica, pois todos os participantes envolvidos, de uma forma ou de outra, podem se beneficiar.

Uma vez que as soluções baseadas em blockchain utilizam técnicas de criptografia seguras que protegem a integridade das informações corporativas e individuais por meio de contratos inteligentes ou tokenização, entre os benefícios tangíveis para as partes interessadas.

  Como remover ou instalar um cartão SIM em um iPhone

Benefícios para Organizações de Saúde

As organizações de saúde acharão o blockchain útil em várias áreas. O Blockchain protegerá os registros médicos dos pacientes em registros eletrônicos de saúde (EHRs) em sistemas descentralizados que não podem ser hackeados ou adulterados.

Os hospitais também tomarão decisões de tratamento mais rápidas, pois todos os dados de seus pacientes estarão disponíveis em um único sistema aberto 24 horas por dia, 7 dias por semana. Dados facilmente acessíveis via blockchain também acelerarão a emissão de credenciais médicas dos trabalhadores. Aqui estão alguns benefícios listados abaixo:

#1. Benefícios para os pacientes

Os pacientes valorizam a segurança de seus dados médicos confidenciais e o blockchain lhes dá a propriedade de seus registros médicos. Como resultado, qualquer pessoa interessada em acessar os dados de um paciente deve obter sua permissão.

Blockchain fornece ferramentas como mecanismos de consenso, o que significa que ninguém além do paciente possui suas informações.

A segurança de dados habilitada para blockchain também se aplica a dispositivos vestíveis por meio dos quais os pacientes transmitem informações ao pessoal médico de maneira segura. Os pacientes também podem participar de pesquisas médicas e monetizar sua experiência por meio da tokenização.

#2. Benefícios para Farmacêuticos

À medida que a pesquisa médica se expande, o blockchain permite que as empresas farmacêuticas atraiam mais pacientes para se envolverem em ensaios clínicos de novos medicamentos.

A natureza imutável do Blockchain permite que os participantes compartilhem informações sobre drogas e ensaios semelhantes de maneira confiável e verificável. Além disso, o blockchain permite que os fabricantes detectem medicamentos falsificados sem esforço.

#3. Benefícios para Seguradoras

A tecnologia Blockchain permite uma transferência de dados mais rápida entre hospitais e provedores de seguros médicos, o que significa que os pacientes podem receber confirmações mais rapidamente.

Mais importante ainda, as seguradoras podem implementar contratos inteligentes que garantem a segurança e a conveniência dos dados que usam.

Aplicações Blockchain na Saúde

A melhor maneira pela qual o blockchain está ajudando a medicina é derrotando os riscos mais significativos no setor de saúde, aprimorando a segurança cibernética e aumentando a transparência.

Essa tecnologia está ajudando a acelerar as operações automatizando a maioria delas, ajudando assim a economizar custos para pacientes e profissionais de saúde.

Vamos agora nos aprofundar em alguns aplicativos que estão ajudando a melhorar os serviços médicos.

Gerenciamento de dados do paciente

O gerenciamento de dados médicos do paciente é o exemplo de caso de uso mais crítico da tecnologia blockchain. Qualquer pessoa que visite um hospital deve certificar-se de que as informações fornecidas, como informações de cartão de crédito ou número do seguro social, estão protegidas.

Um profissional de saúde que usa criptografia habilitada para blockchain é a única garantia de que os hackers não terão acesso a esses detalhes pessoais pertinentes.

Os sistemas de saúde baseados em Blockchain também são locais de armazenamento seguros para dados pessoais de saúde que incluem detalhes íntimos da vida dos pacientes que não devem ser abertos a nenhum olhar indiscreto além de um médico.

A tecnologia oferece aos médicos um ambiente seguro onde os registros eletrônicos de saúde podem ser coletados usando dispositivos IoT e transferidos com segurança por meio de dispositivos compatíveis com blockchain. Mais importante, os pacientes podem decidir quem, além de seu médico, pode acessar seus dados médicos.

Garantia de segurança de dados médicos

As empresas farmacêuticas investem muito tempo e recursos financeiros em pesquisa e desenvolvimento de medicamentos. No entanto, a maioria não tem uma maneira segura de manter suas fórmulas de medicamentos e segredos comerciais trancados a sete chaves.

São muitos os casos em que esses armazenamentos on-line de dados valiosos vazam para os concorrentes e as empresas perdem uma quantidade considerável de sua participação no mercado rapidamente.

O Blockchain permite que as organizações usem criptografia para armazenar seus dados médicos de maneira ilegível em vários dispositivos.

Isso garante que nenhuma pessoa não autorizada possa acessar as informações ou que nenhuma parte possa decidir unilateralmente descriptografar, alterar ou transferir qualquer informação em diferentes canais.

Melhorando a comunicação entre provedores e pacientes

A tecnologia Blockchain oferece uma solução descentralizada, garantindo que as informações do paciente sejam armazenadas em um banco de dados espalhado por uma rede de nós.

Isso significa que toda vez que os dados são atualizados por um nó, as informações são atualizadas na rede, simplificando o processo pelo qual as informações atualizadas são compartilhadas entre médicos e outros profissionais de saúde.

  Como parar de pagar pela AOL, mas manter o e-mail

Todas as informações do paciente armazenadas em um blockchain permanecem atualizadas, legítimas, verificáveis ​​e com carimbo de data/hora. Como resultado, os prestadores de serviços de saúde podem revisar e agir com rapidez e facilidade com base nas informações disponíveis, especialmente ao lidar com emergências médicas.

Além disso, os médicos acharão mais fácil concluir diagnósticos e criar programas de tratamento individualizados mais rapidamente.

Proteção de dados genômicos

À medida que mais empresas se juntam ao negócio de fornecer sequenciamento de DNA para indivíduos, o roubo de dados genômicos se torna um problema candente, pois se torna parte da prática clínica de rotina.

As partes interessadas podem evitar o risco envolvido ao empregar a tecnologia blockchain para criar uma barreira crítica que os ajuda a obter uma solução para integridade e propriedade dos dados.

Para superar os desafios associados ao armazenamento de grandes quantidades de dados online, os profissionais estão desenvolvendo redes blockchain privadas especificamente para armazenar variantes genômicas e dados alinhados por referência na cadeia.

Esses blockchains também podem oferecer indexação de banco de dados usando ferramentas complementares que facilitam o acesso rápido e a análise de dados.

Além disso, o blockchain permite que os profissionais monetizem seus dados por meio de um mercado on-line para cientistas que procuram dados genômicos para fins de pesquisa, enquanto a ausência de intermediários significa maiores lucros.

Contratos inteligentes para acordos de seguros e cadeia de suprimentos

Fabricantes de dispositivos médicos, empresas farmacêuticas, seguradoras e outros atacadistas de serviços de saúde usam sistemas baseados em blockchain.

Esses sistemas permitem que os consumidores autentiquem as identidades de organizações, contratos e detalhes transacionais de seus bens, serviços e detalhes de pagamento para liquidação.

Essa forma de gerenciamento da cadeia de suprimentos permite que parceiros comerciais e provedores de seguros de provedores de serviços de saúde operem inteiramente em termos de contrato digitalizados e automatizados.

Em vez de cada participante apresentar seus contratos baseados em papel individualizados, os participantes do setor agora podem reduzir o tempo gasto na resolução de disputas sobre reivindicações de estorno de pagamento de suprimentos e equipamentos médicos usando contratos inteligentes.

Os contratos inteligentes digitalizados são projetados com códigos dentro do blockchain com termos específicos que devem ser alcançados e, quando isso acontece, os contratos são implementados automaticamente.

Controle de Transações de Saúde

Dependendo de sua localização, hospitais e clínicas especializadas lidam com dezenas de remessas e reclamações de pacientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, além de enviar solicitações internas de pagamentos atrasados ​​de pacientes.

No passado, isso abriu uma comporta para todos os tipos de travessuras por funcionários desonestos e hackers altamente qualificados sempre que acessam esse tipo de dados.

O uso da tecnologia blockchain pode agilizar a maioria desses processos para minimizar as recusas de sinistros e reduzir as preocupações com pagamentos.

Como todas as atualizações no banco de dados são vistas em tempo real na rede de usuários, incluindo todas as partes interessadas, quaisquer entradas incorretas que possam levar a pagamentos insuficientes são relatadas imediatamente, o que significa que não há espaço para erros humanos ou atrasos.

Gestão de Falsificação da Cadeia de Fornecimento de Medicamentos

Estima-se que pelo menos 10% de todos os medicamentos na cadeia de suprimentos global sejam falsificados, custando ao mercado de medicamentos até US$ 200 bilhões anualmente. Isso representa uma tendência preocupante para os fabricantes de medicamentos, especialmente para pacientes que não recebem os medicamentos certos para tratar condições potencialmente fatais.

A implementação do blockchain na cadeia de suprimentos de medicamentos garante que todas as transações sejam imutáveis ​​e com carimbo de data/hora. Isso torna mais fácil rastrear e identificar drogas fraudulentas e transações de drogas e sinalizá-las antes que cheguem aos consumidores.

Blockchain também pode ser usado para implementar a rastreabilidade de medicamentos em termos de gerenciamento de estoque, bem como o ciclo de vida dos medicamentos para garantir que os medicamentos vencidos sejam prontamente removidos das prateleiras.

Rastreamento de Credenciais Médicas

Pacientes em todo o mundo precisam ter certeza de que o médico que os trata é realmente qualificado, suas credenciais são verificáveis, onde trabalharam no passado e seu nível de experiência.

A verificação de credenciais médicas é um dos casos de uso do blockchain na área da saúde. Essa tecnologia pode armazenar todas as informações dos profissionais de saúde em um único banco de dados.

Além disso, o blockchain ajudará a verificar a autenticidade dessas credenciais. Além disso, as instituições que contratam trabalhadores médicos de qualquer nível precisam de um método infalível para verificar todas as credenciais apresentadas pelos candidatos a emprego sem burocracia excessiva.

  Como configurar seu Mac para ligar automaticamente todos os dias

Assim como o blockchain está sendo usado para rastrear a proveniência de produtos e equipamentos médicos, ele é útil ao seguir a qualificação e a experiência dos médicos.

Organizações de saúde e instituições médicas confiáveis ​​devem ser capazes de fazer login em um blockchain dedicado e verificar as credenciais de seus funcionários. Isso, por sua vez, ajudará a agilizar o processo de contratação de profissionais de saúde, pois suas credenciais podem ser confirmadas com o clique de um botão.

Integração com dispositivos IoT vestíveis

Uma das capacidades mais notáveis ​​das inovações da blockchain é como ela pode ser usada com dispositivos vestíveis de internet das coisas (IoT). Ele permite um melhor monitoramento dos registros de saúde tanto por pacientes quanto por médicos.

O Blockchain pode fornecer uma plataforma segura e facilmente autenticada para integrar dados contidos em dispositivos vestíveis, como dispositivos de fitness, saúde ou rastreadores de atividades.

Os médicos, assim como os pacientes, podem acessar esses dados seguros e atualizados regularmente que permitem um rastreamento mais fácil das alterações ou do progresso dos pacientes.

Assim, o desenvolvimento de aplicativos de saúde blockchain deve estar no topo, pois o uso de dispositivos vestíveis está aumentando constantemente.

Desafios da Implementação do Blockchain na Saúde

Com todas as suas promessas e potencial para o bem, o blockchain na área da saúde ainda está engatinhando e a aplicação da tecnologia ainda enfrenta alguns desafios. Entre os mais proeminentes, incluem-se os seguintes:

#1. Falta de conhecimento técnico

É um segredo aberto que a maioria dos profissionais de saúde ainda não adquiriu software e hardware específicos para blockchain. No entanto, a maioria dos usuários ainda não está familiarizada com o funcionamento da tecnologia e como ela funciona.

A maioria das pessoas ainda associa blockchain principalmente com criptomoedas e, como resultado, algumas ainda são céticas sobre sua aplicação em seu campo.

Para que as instituições aproveitem os benefícios do blockchain na área da saúde, os provedores de serviços devem ser deliberados na aquisição dessas tecnologias e no treinamento de seus funcionários para implementá-las.

Além disso, aqueles que implementam blockchain na área da saúde devem inovar maneiras de introduzir mudanças sem colocar trabalho extra sobre os ombros dos profissionais de saúde já sobrecarregados.

#2. Relutância em adotar métodos sem papel

A maioria dos médicos e clínicos se acostumou tanto com os registros em papel que ainda prefere que seus registros médicos sejam mantidos usando os antigos sistemas de arquivamento. Lojas de remédios e pacientes que não sabem muito bem ainda exigem trabalhos em papel para seus propósitos práticos.

Os médicos devem ser instruídos sobre o uso do blockchain, especialmente seus benefícios na automatização de registros de arquivos e seu potencial para práticas colaborativas com outros profissionais e prestadores de serviços.

Todas as organizações envolvidas em pesquisa médica e atendimento ao paciente devem ser convidadas e dispostas a adotar o que a nova tecnologia exige.

Mais importante ainda, os desenvolvedores devem criar uma maneira de o blockchain suportar grandes arquivos de dados, como tomografias e imagens de ressonância magnética em uma única transação. As organizações de assistência médica também devem desenvolver bibliotecas codificadas e repositórios de back-end para armazenar arquivos grandes.

#3. Falta de Participação do Governo

Os hospitais estatais são a maioria, mas os governos ainda estão distantes na adoção de novas tecnologias.

Há medo do desconhecido, pois a natureza de descentralização do blockchain significa que nenhum terceiro ou autoridade central tomará decisões.

Além disso, como ainda está em estágio embrionário, a falta de padronização na indústria pode representar um desafio para sua adoção, reduzindo assim as oportunidades de aproveitar toda a sua capacidade.

Nota do autor

Conseguimos apenas arranhar a superfície destacando alguns casos de uso de blockchain na área da saúde, e a tecnologia ainda tem muito mais potencial.

Apesar das dificuldades emergentes em torno da tecnologia blockchain, os benefícios superam os desafios. Os provedores de serviços de saúde farão bem em considerar sua implementação, pois é a única maneira viável de resolver os problemas atuais de segurança de dados e melhorar a qualidade dos cuidados e pesquisas médicas.

A adoção do blockchain na área da saúde e o uso de seus aplicativos são projetados para levar a prática médica a níveis mais altos e melhorar os resultados dos pacientes a longo prazo.

A seguir, você pode conferir as melhores soluções de CRM para assistência médica.