Como tirar as amostras usando sample() em R?

Como tirar amostras usando sample() em R?

Introdução

A amostragem é uma técnica estatística essencial que permite que os pesquisadores façam inferências sobre uma população maior com base em um subconjunto menor. Em R, a função sample() fornece uma maneira fácil e poderosa de tirar amostras de dados. Neste artigo, exploraremos como usar a função sample() para diferentes tipos de amostragem em R.

Tipos de Amostragem

A função sample() pode ser usada para realizar vários tipos de amostragem, incluindo:

* Amostragem Simples: Seleciona aleatoriamente um número especificado de elementos de um conjunto de dados.
* Amostragem Sistemática: Seleciona elementos a intervalos regulares em um conjunto de dados.
* Amostragem Estratificada: Divide o conjunto de dados em subconjuntos (estratos) e seleciona aleatoriamente elementos de cada estrato.
* Amostragem por Conglomerados: Divide o conjunto de dados em grupos (conglomerados) e seleciona aleatoriamente conglomerados inteiros.

Sintaxe da Função sample()

A sintaxe geral da função sample() é a seguinte:

r
sample(x, size, replace = FALSE, prob = NULL)

Onde:

* x: O conjunto de dados do qual a amostra será retirada.
* size: O número de elementos a serem amostrados.
* replace: Um valor lógico que indica se os elementos amostrados devem ser substituídos de volta no conjunto de dados.
* prob: Um vetor de probabilidades que controla a probabilidade de cada elemento ser selecionado.

Uso da Função sample()

Para usar a função sample(), siga estes passos:

1. Carregue os dados: Carregue o conjunto de dados do qual deseja tirar amostras.
2. Especifique os parâmetros da amostra: Determine o tipo de amostragem que deseja realizar e os parâmetros apropriados (tamanho da amostra, substituição, probabilidades).
3. **Chame a função sample(): Use a sintaxe fornecida acima para chamar a função sample().

Exemplos de Uso

A seguir estão alguns exemplos de como usar a função sample() para diferentes tipos de amostragem:

Amostragem Simples:

r
dados <- c(1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10)
amostra <- sample(dados, size = 5)

Amostragem Sistemática:

r
amostra <- sample(dados, size = 5, interval = 2)

Amostragem Estratificada:

r
dados <- data.frame(idade = c(20, 25, 30, 35, 40, 45, 50), sexo = c("M", "F", "M", "F", "M", "F", "M"))
amostra_masc <- sample(dados[dados$sexo == "M", ], size = 3)
amostra_fem <- sample(dados[dados$sexo == "F", ], size = 2)

Amostragem por Conglomerados:

r
dados <- data.frame(cluster = c(1, 1, 1, 2, 2, 2, 3, 3, 3), dados = c(1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9))
amostra <- sample(dados, size = 2, replace = FALSE, groupby = "cluster")

Conclusão

A função sample() em R fornece uma ferramenta poderosa para tirar amostras de dados para vários fins analíticos. Entender os diferentes tipos de amostragem e como usar a função sample() corretamente é essencial para obter resultados significativos e confiáveis. Ao seguir as diretrizes descritas neste artigo, você pode aproveitar o poder da função sample() para aprimorar sua análise de dados.

FAQs

1. O que é amostragem?
Amostragem é o processo de selecionar um subconjunto de uma população para fazer inferências sobre a população inteira.

2. Quais são os diferentes tipos de amostragem em R?
Os tipos de amostragem em R incluem amostragem simples, sistemática, estratificada e por conglomerados.

3. Como usar a função sample() para amostragem simples?
Para amostrar simples, use sample(x, size) onde x é o conjunto de dados e size é o número de elementos a serem amostrados.

4. Como usar a função sample() para amostragem sistemática?
Para amostrar sistemática, use sample(x, size, interval) onde interval é o número de elementos a serem ignorados entre cada seleção.

5. Como usar a função sample() para amostragem estratificada?
Para amostrar estratificada, divida o conjunto de dados em estratos e use sample(x, size, replace = FALSE, groupby = "estrato") onde estrato é o nome da coluna de estratificação.

6. Como usar a função sample() para amostragem por conglomerados?
Para amostrar por conglomerados, divida o conjunto de dados em conglomerados e use sample(x, size, replace = FALSE, groupby = "conglomerado") onde conglomerado é o nome da coluna de agrupamento.

7. O que é substituição na amostragem?
A substituição determina se os elementos amostrados são colocados de volta no conjunto de dados antes de seleções adicionais.

8. Como controlar as probabilidades de seleção na amostragem?
Para controlar as probabilidades de seleção, use o argumento prob na função sample() para especificar um vetor de probabilidades.

9. Quais são as vantagens de usar a função sample() em R?
As vantagens de usar a função sample() incluem facilidade de uso, flexibilidade para diferentes tipos de amostragem e resultados aleatórios reproduzíveis.

10. Existem outras funções em R para amostragem além da função sample()?
Sim, existem outras funções em R para amostragem, como sample.int(), sample.prob() e sampleWithReplacement().